Francisco Maia & Associados
   
 

Artigos escritos pelo Advogado/Engenheiro publicados em órgãos da imprensa

Leia também os artigos no lugarcerto.com.br do Jornal Estado de Minas (+)


Artigos



 
 

Eu compro imóvel na planta

Na última semana, mais uma vez, nos deparamos com uma matéria relativa à aquisição de imóvel na planta, onde, baseado em um caso de inadimplência na entrega, devido à falência do construtor, foi feita uma verdadeira execração desta modalidade de negociação imobiliária.

Interessante notar que, sempre que estas matérias são veiculadas, não existe uma preocupação em informar as formas como são comercializados os imóveis, mas tão somente colocar a sistemática de venda na planta no banco dos réus, discorrendo, em seguida, o libelo acusatório.

Também nestas matérias não se aborda sobre o outro lado da moeda, representa por milhares de consumidores que concretizaram o "sonho da casa própria", ao suprir a necessidade básica de adquirir sua habilitação, através do sistema de venda na planta.

O mercado imobiliário é um dos indicadores da saúde econômica do País, cujo nível de emprego é um dos responsáveis pela estabilidade econômicas e social. Por isto, ele merece respeito, não podendo ser tratado como vilão diante de milhares de leitores, que são ao mesmo tempo potenciais compradores e consumidores.

Numa analogia simples, seria o mesmo que, após a bancarrota do Banco Econômico, ou num exemplo mais remoto, de triste memória, a quebra da Minas Caixa, os órgãos de imprensa estampassem matérias que induzissem os depositantes a não utilizar o sistema bancário para guarda do dinheiro. No mesmo diapasão, temos assistido a inúmeras intervenções em empresas que operam com aquisição de bens pro consórcio, e nem por isto o sistema veio a ser alvo de críticas tão graves, mesmo lesando milhares de consumidores, que não conseguiram adquirir o bem esperado.

As estatísticas têm demonstrado que milhares de consumidores adquirem imóveis na planta, porque confiam neste sistema, como o mais econômico e prático, permitindo a comprador planejamento dos pagamentos, alteração nas especificações de acabamento, modificações internas e programação da entrega, além de ser a forma mais eficaz de poupança, pois conduz à aquisição de um bem de raiz.

Seria ingênuo, entretanto, não admitir riscos neste tipo de aquisição, que está presente na própria essência da atividade econômica, mas acreditamos que este seja muito inferior ao dos poupadores lesados no famigerado escândalo Coroa-Brastel.

A compra de um imóvel na planta permite ainda que o consumidor minimize o risco, através de informações sobre a idoneidade do construtor, das garantias envolvidas na negociação, devendo estar atento a todas as características do projeto apresentado, bem como do contrato a ser assinado.

Por todas essas razões, afirmo, com tranqüilidade, eu compro imóvel na planta, e nesta decisão, espero ser acompanhado por milhares de compradores, para o bem do consumidor e pelo sucesso da estabilidade da economia no País.

 

Belo Horizonte
Rua Congonhas, 494 -Santo Antonio
CEP 30330-100 Telefone: (31)3281.4030
email: geral@precisaoconsultoria.com.br